Que preciosa Notícia nos chega esta noite… Estamos nas mãos de quem nos ama, aquele Jesus de quem se disse que tem o cuidado de um Pastor bom e vigilante, a ternura de um Irmão mais velho que lava os pés aos seus irmãos mais novos…

 

Chega-nos a Notícia quase inacreditável de que estamos nas mãos daquele Jesus que – diz quem viu e ouviu – falou de nós a Deus, seu Pai, disse-Lhe que nos tinha guardado sempre, com carinho, e pediu ao Seu Pai que não tivesse olhos só para ele mas olhasse por nós também e nos guardasse… E, presente dos presentes, pediu ao Pai que enviasse o Espírito da Comunhão dos dois para nós, de maneira a fazer de todos, com eles, UM só!

 

Estamos nas mãos de Jesus… Que digam o que isto significa todos aqueles a quem ele tocou! Que o digam todos aqueles que guardaram a impressão das suas mãos nos seus olhos, nos seus ouvidos, nas suas paralisias de tanta ordem, nas suas mais profundas experiências de estar morto e voltar a ser atravessado pelo feixe luminoso da Vida…

 

Estamos nas mãos de Jesus, foi a Notícia que nos chegou. E procurámos o testemunho de um tal Simão, a quem parece que Jesus deu o nome “Kefah”, “Pedra” na sua língua, um dos primeiros, a quem um dia Jesus deitou a mão quando ele se afogava no mar agitado dos medos e das dúvidas… E Simão, quando lhe perguntámos, apenas chorou.

 

E assim começámos a perceber a força destas mãos, que não são mãos em que as pessoas fiquem pousadas… são agarradas, puxadas, levantadas, feitas de novo na Graça do Deus Criador que ainda se encanta e fica feliz quando consegue moldar-nos à Sua Imagem e Semelhança e transmitir-nos apaixonadamente, no silêncio de um Beijo, o Hálito da Vida que escapa às leis da morte.

 

Ainda que cause alguma estranheza, aqueles primeiros discípulos do Galileu, quando proclamavam a sua Ressurreição diziam, como se não fossem coisas contrárias, que ele tinha subido aos Céus de Deus e descido aos Infernos dos Homens! Como pode ser isto?! Estarão os Infernos dos Homens no caminho dos Céus de Deus?! Exaltado e Glorificado por Deus, Levantado até Si, teria Jesus atravessado os Infernos dos Homens?! Mas, então, o que acontece se um Vivente atravessa Vitorioso os Infernos dos Homens no caminho para os Céus de Deus? O que acontece se passa um Vivente pelo lugar da Morte? O que acontece se o Vivente passa pelo Reino da Morte e proclama lá a Notícia que Começou o Reinado de Deus também ali?!

 

O que acontece se a meio da noite se abre a janela de uma sala toda iluminada? Nunca é a escuridão que entra e toma conta da luz, nunca! É a luz que ganha sempre, e nunca as trevas, é a luz que sai e ganha domínio sobre a noite e ilumina a escuridão… E recomeça, como um murmúrio, o Hino da Criação do nosso Deus que nunca Se vai embora: “E Deus disse: Faça-se a Luz!” E a Luz nasceu, no começo de um Dia que nunca mais acabará…

 

Este é o Dia! Esta é a Hora! Porque Jesus nos deitou a mão… ele que, um dia, se ouviu dizer: “Quando eu for levantado da terra, atrairei tudo a mim!”. TUDO! Que grande Notícia!

 

08.estamos-nas-mos-de-jesus-icon-2

 

 

clicar aqui para escutar o áudio deste Tema

 


Anexos